sábado, 4 de dezembro de 2010

Que tal ser Papai ou Mamãe Noel?


Acredito que o Natal - período singular para o cristão - deve ser encarado como momento de festa, celebração, alegria. Isso muitas vezes é revelado pelo meio de um presente seja em uma troca entre familiares ou mesmo através do tão conhecido amigo secreto.

Eu gosto de presentear. É pena não ter dinheiro para tantos! rs .
Presenteio sem data marcada, mas no Natal sempre gosto de deixar uma lembrancinha para alguém. O que eu não posso e não podemos enquanto cristãos é esquecer o dono da festa. Esse deve ser lembrado sempre, porque muitas vezes nos reunimos, trocamos presentes e deixamos o aniversariante (nossa razão de viver) de lado e Ele tem que ser sempre protagonista!!!
Por isso esse ano eu comprei coisas simples mas sempre acompanhadas de mensagens que evangelizam.
Acredito que o mandamento do amor se faz presente também na idéia dos Correios e é por isso que venho convocar vocês todos a entrarem nessa campanha. Isso também é evangelizar. É mostrar que somos um e que comungamos do mesmo amor, da mesma fé, não importa onde estejamos, podemos fazer uma criança em situação de vulnerabilidade social feliz mostrando para ela que Deus nos ama tanto que permitiu através de diversos meios ajudar-nos mutuamente.
Que tal ir aos Correios e adotar uma cartinha hein? Dá tempo sim e é super fácil!
Veja o cronograma:
*Recebimento e adoção de cartas, envio de resposta às crianças e entrega dos presentes pelos Correios: 04/10/2010 a 17/12/2010
*Lançamento nacional da campanha: 05/11/2010
*Encerramento nacional da campanha: 20/12/2010
Para maiores informações vá ao site dos Correios, ou a agência mais próxima da sua casa.
Os Correios fazem a entrega, então é só ir lá e adotar uma cartinha. Tem pedidos incríveis como: um panetone, uma blusa de frio para a vó...
Logo estarei fazendo a minha doação. E espero ler inúmeros comentários de pessoas dispostas a fazer o mesmo.

Beijos,
Clécia

Texto original do Blog Catequese Caminhando

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Cais


Para quem quer se soltar
Invento o cais
Invento mais que a solidão me dá
Invento lua nova a clarear Invento o amor

E sei a dor de encontrar
Eu queria ser feliz
Invento o mar
Invento em mim o sonhador

Para quem quer me seguir
Eu quero mais
Tenho o caminho do que sempre quis
E um saveiro pronto pra partir
Invento o cais
E sei a vez de me lançar

Milton Nascimento e Ronaldo Bastos

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Sobre a solidão...


Para quem sempre viveu a solidão, menos deveria reclamar.
Mas é que de repente aparece alguém e esse alguém nos faz pensar que a solidão, companheira de todas as horas, pode ceder seu lugar e não mais existir.
No entanto, solidão que é solidão está sempre acompanhada. A minha de mim, a sua de você.
Ela, fiel por demais, não me deixa, e mesmo acompanhada por ela eu ainda me sinto só.
Por Águia Pequena

sexta-feira, 12 de novembro de 2010



Perante as leis de Deus, três classes de pessoas erram:
- Os que não sabem e não perguntam.
- Os que sabem e não ensinam.
- Os que ensinam e não praticam. .......
(Provérbio Grego).

terça-feira, 9 de novembro de 2010



As coisas materiais se desgastam com o uso diário, a inteligência, e a vontade, porém, quanto mais a usarmos mais vigorosas ficam.
Heber S. Lima

sexta-feira, 5 de novembro de 2010



Seja sempre puro, pontual, luminoso e perseverante como a estrela vespertina.
Tagore

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

AS PRIMEIRAS LIÇÕES QUE UM MANUAL DE RELIGIÃO DEVERIA CONTER :


1- Diga menos EU e mais NÓS.
2- Delire MENOS nos templos e pratique MAIS.
3- Mais vale VISITAR um doente que cantar um HINO.
4- Que adianta ficar admirando a pregação do padre ou pastor, e depois explorar os empregados, tratar mal os filhos, e hostilizar e fofocar os vizinhos.
5- Presenteie com aquilo que você tem de melhor, e não com aquilo que não lhe serve mais.
6- Se foi criado à imagem e semelhança de Deus, por que virou uma cópia sem qualquer originalidade.
7- A caridade ostensiva para os outros verem não tem o menor valor.
8- Se dar aos pobres, é emprestar à Deus, por que pensa no retorno?
9- Olhe à noite para o céu, e descubra que você só é grande caso se sinta pequeno.
10- Tudo que você fizer de bom não é perdido, nem que ninguém veja, nem reconheça.
11- Tende piedade daqueles que querem lucrar em tudo, nem que seja um centavo.
12- Olhe para os animais e se mire, eles jamais querem mais do que necessitam para viver
.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Vitória de Deus


Sê inteiro em cada parte, em cada fragmento
Da vida que hoje está ao teu redor
Breve, leve, certo se despede este instante
Pra nunca mais pousar em tuas mãos
Tempo foge, escorrendo nos dias que vão
Vai seguindo os trilhos da luz
Não permitas que a vida termine sem que
Extraias dela todo sabor

Deixa que a aventura de ser gente te evolva
Prepara o que serás no que és
Não prenda os teus olhos nos olhares que te acusam
Esquece a voz que te condenou

Eis que trago noticias do céu
Deus resolveu te fazer vencedor
Ergue os olhos, destranca tua voz
Vem receber novas vestes de luz
E declara comigo a vitória de Deus
Proclama a vitória de Deus

Nunca te aprisiones nos teus medos e receios
Nem sê refém de quem não sabe amar
Não, não te condenes a morrer com teus defeitos
Nem use a expressão não vou mudar

Pois a cada instante é possível crescer
Retirando excessos do ser
Aprimora o teu jeito de ver e de ouvir
E do amor tão perto estarás

Eis que trago noticias do céu
Deus resolveu te fazer vencedor
Ergue os olhos, destranca tua voz
Vem receber novas vestes de luz
E declara comigo a vitória de Deus
É vitória de Deus, vitória de Deus
Sobre o medo dos homens
É vitória de Deus, vitória de Deus
Sobre a força das sombras
É vitória de Deus, vitória de Deus
Sobre a fome na Terra
É vitória de Deus, vitória de Deus
Sobre o meu coração
E proclama comigo a vitória de Deus
Proclama a vitória de Deus

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Descubra o Amor, o Ágape



Pegue um sorriso
e doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol
e faça-o voar lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte
e faça banhar-se quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima
e ponha-a no rosto de quem jamais chorou.
Pegue a coragem
e ponha-a no ânimo de quem não sabe lutar.
Descubra a vida
e narre-a a quem não sabe entendê-la.
Pegue a esperança
e viva na sua luz.
Pegue a bondade
e doe-a a quem não sabe doar.
Descubra o amor
e faça-o conhecer o mundo


terça-feira, 19 de outubro de 2010



"Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu te amei! Eis que habitavas dentro de mim e eu te procurava do lado de fora! Eu, disforme, lançava-me sobre as belas formas das tuas criaturas. Estavas comigo, mas eu não estava contigo. Retinham-me longe de ti as tuas criaturas, que não existiriam se em ti não existissem. Tu me chamaste, e teu grito rompeu a minha surdez. Fulguraste e brilhaste e tua luz afugentou a minha cegueira. Espargiste tua fragrância e, respirando-a, suspirei por ti. Tu me tocaste, e agora estou ardendo no desejo de tua paz... "

Santo Agostinho

sábado, 16 de outubro de 2010

A solução é o amor



Eu conheço pessoas pobres que, apesar de tudo, distribuem sorrisos.
Eu conheço pessoas ricas, que dividem seu pão.
Eu conheço pessoas que sofrem, que apesar de tudo, comunicam alegria.
Eu conheço pessoas incompreendidas , que sabem compreender.
Eu conheço pessoas pacíficas, que caminham levando a paz.
Eu conheço pessoas sábias, que levam o entendimento a toda parte.
Eu conheço pessoas bondosas, que a todos têm o que dar.
Eu conheço pessoas injustiçadas, que souberam perdoar.
Eu conheço essas pessoas, seu segredo é amar.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010



Se um dia ao acordar, você encontrasse, ao lado da sua cama, um lindo pacote embrulhado com fitas coloridas,
você o abriria, antes mesmo de lavar o rosto, rasgando o papel, curioso para ver o que havia dentro...
Talvez houvesse ali algo de que você nem gostasse muito...
Então você guardaria a caixa, pensando no que fazer com aquele presente aparentemente "inútil"...
Mas no dia seguinte, lá está outra caixa.
Mais uma vez, você abre correndo e dessa vez há alguma coisa da qual você gosta muito...
Uma lembrança de alguém distante, uma roupa que você viu na vitrine, a chave de um carro novo, um casaco
para os dias de frio ou simplesmente um ramo de flores de alguém que se lembrou de você...
E isso acontece todos os dias, mas nós nem percebemos...
Todos os dias quando acordamos, lá está, à nossa frente, uma caixa de presentes enviada por Deus,
especialmente para nós: um dia inteirinho para usarmos da melhor forma possível!
Às vezes ele vem cheio de problemas, coisas que não conseguimos resolver, tristezas, decepções, lágrimas...
Mas outras vezes, ele vem cheio de surpresas boas, alegrias, vitórias e conquistas...
O mais importante é que, todos os dias, Deus embrulha para nós, enquanto dormimos, com todo o carinho,
nosso presente: O DIA SEGUINTE!
Ele cerca nosso dia com fitas coloridas, não importa o que esteja por vir...
a esse dia quando acordamos, chamamos PRESENTE...
O PRESENTE de Deus pra nós.
Nem sempre Ele nos manda o que esperamos, o que queremos...
Mas Ele sempre, sempre e sempre, nos manda o melhor, o de que precisamos, e que é sempre muito mais
do que merecemos...
Abra seu PRESENTE todos os dias, primeiro agradecendo a quem o mandou, sem se importar com o que vem
dentro do "pacote".
Sem dúvida, Ele não se engana na remessa dos pacotes.
Se não veio hoje o PRESENTE que você esperava, espere...
Abra o de amanhã com mais carinho, pois a qualquer momento, os sonhos e planos de Deus pra você chegarão
embrulhadinhos pra PRESENTE!
DEUS não atende as nossas vontades, e sim nossas necessidades.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eu não posso cansar agora...


Não há como parar o tempo para que você desfaça o que passou, para que volte em certas decisões . Como muitos já disseram: O tempo não pára.

Algumas escolhas foram feitas e as carregaremos para sempre. Com essas escolhas, trouxemos para nós outras pessoas, criamos laços, eternizamos vivências.

Por isso, não podemos nos desfazer do que escolhemos. Jogar fora uma escolha nem sempre é permitido, e voltar atrás no exato momento em que a fizemos é de fato impossível.

Nos resta viver.

Mas se no caminho percebemos que outra escolha poderia ter sido feita? Se descobrirmos ao caminhar que tudo poderia ter sido diferente se optassemos pelo caminho do lado esquerdo e não o do lado direito que escolhemos outrora?
Ah, não haveria como saber. Não haveria.

Diante de nós, escolhas foram postas. E nós escolhemos. Não há como voltar.

Diante de tantas escolhas, minhas e dos outros, eu estou quase cansando. Cansando das escolhas que fiz e das que ainda tenho que esperar.

Eu sou livre e ao mesmo tempo sou um ser cativo. Há escolhas que não poderia fazer. Dependiam de outrem. E outrem fez outras escolhas.

Eu não posso cansar agora. Há muito o que viver embora eu não veja perspectivas. Minha visão de águia está turva, eu me esforço em enxergar, embora eu venha perdendo as esperanças.

Há muito o que viver.

Eu não posso cansar agora.

Mas me sinto sem forças.


Por Águia Pequena



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A águia e o pardal



O sol anunciava o final de mais um dia e lá, entre as árvores, estava Andala, um pardal que não se cansava de observar Yan, a grande águia.

Seu voo preciso, perfeito, enchia seus olhos de admiração.

Sentia vontade em voar como a águia, mas não sabia como o fazer.

Sentia vontade em ser forte como a águia, mas não conseguia assim ser.

Todavia, não cansava de segui-la por entre as árvores só para vislumbrar tamanha beleza...

Um dia estava a voar por entre a mata a observar o vôo de Yan, e de repente a águia sumiu da sua visão.

Voou mais rápido para reencontrá-la, mas a águia havia desaparecido.

Foi quando levou um enorme susto: deparou de uma forma muito repentina com a grande águia a sua frente.

Tentou conter o seu vôo, mas foi impossível, acabou batendo de frente com o belo pássaro.

Caiu desnorteado no chão e quando voltou a si, pode ver aquele pássaro imenso bem ao seu lado observando-o.

Sentiu um calafrio no peito, suas asas ficaram arrepiadas e pôs-se em posição de luta.

A águia em sua quietude apenas o olhava calma e mansamente, e com uma expressão séria, perguntou-lhe:

Por que estás a me vigiar, Andala?

Quero ser uma águia como tu, Yan.

Mas, meu vôo é baixo, pois minhas asas são curtas e vislumbro pouco por não conseguir ultrapassar meus limites.

E como te sentes amigo sem poder desfrutar, usufruir de tudo aquilo que está além do que podes alcançar com tuas pequenas asas?

Sinto tristeza. Uma profunda tristeza. A vontade é muito grande de realizar este sonho... - O pardal suspirou olhando para o chão... E disse:
Todos os dias acordo muito cedo para vê-la voar e caçar.

És tão única, tão bela.

Passo o dia a observar-te. E não voas? Ficas o tempo inteiro a me observar? Indagou Yan.

Sim. A grande verdade é que gostaria de voar como tu voas... Mas as tuas alturas são demasiadas para mim e creio não ter forças para suportar os mesmos ventos que, com graça e experiência, tu cortas harmoniosamente...

Andala, bem sabes que a natureza de cada um de nós é diferente, e isto não quer dizer que nunca poderás voar como uma águia.

Sê firme em teu propósito e deixa que a águia que vive em ti possa dar rumos diferentes aos teus instintos.

Se abrires apenas uma fresta para que esta águia que está em ti possa te guiar, esta dar-te-á a possibilidade de vires a voar tão alto como eu.

Acredita! - E assim, a águia preparou-se para levantar vôo, mas voltou-se novamente ao pequeno pássaro que a ouvia atentamente:

Andala, apenas mais uma coisa: Não poderás voar como uma águia, se não treinares incansavelmente por todos os dias.

O treino é o que dá conhecimento, fortalecimento e compreensão para que possas dar realidade aos teus sonhos.

Se não pões em prática a tua vontade, teu sonho sempre será apenas um sonho.

Esta realidade é apenas para aqueles que não temem quebrar limites, crenças, conhecendo o que deve ser realmente conhecido.

É para aqueles que acreditam serem livres, e quando trazes a liberdade em teu
coração poderás adquirir as formas que desejares, pois já não estarás apegado a nenhuma delas, serás livre!

Um pardal poderá, sempre, transformar-se numa águia, se esta for sua vontade.

Confia em ti e voa, entrega tuas asas aos ventos e aprende o equilíbrio com eles.

Tudo é possível para aqueles que compreenderam que são seres livres, basta apenas acreditar, basta apenas confiar na tua capacidade em aprender e ser feliz com tua escolha!

sábado, 18 de setembro de 2010

Você conhece os desejos de Deus para a sua vida?


Aquele que caminha na luz de Deus será socorrido por Ele no dia da dificuldade. O Senhor lhe mandará ajuda e, muitas vezes, por meios inesperados, Ele socorrerá você, enviará a força de que você necessita para aquele momento. No entanto, por vezes, nós esperamos mais do que precisamos e ficamos pensando: "Eu quero sentir uma superforça dentro de mim". E quando recebemos a graça chamada "Batismo no Espírito Santo" (também conhecida como "efusão"), nós sentimos no coração uma força capaz de mudar o mundo e, assim, acabam o medo, a angústia, a tristeza e nos sentimos livres. Essa é uma força de vida dentro de nós, a qual faz com que acreditemos no impossível.
Mas há situações na nossa vida nas quais Deus manda a força suficiente para vencer aquele determinado problema, e quando aparecer um problema maior, Ele mandará uma força ainda maior. E, dessa forma, o Senhor vai nos levando a resolver um problema de cada vez. Isso se dá quando nós nos entregamos a Deus. Uma vez que você aceitou, renovou a sua consagração e se entregou nas mãos do Pai e a Ele se confiou, Ele vai conduzir você e todos os seus projetos serão bem-sucedidos, porque a luz d'Ele o ilumina e a mão d'Ele o guia por uma estrada segura.
O Senhor conhece os desejos do seu coração, Ele sabe por que você reza neste momento, sabe qual o desejo que está em seu interior. Mas eu pergunto a você: Deus conhece os seus desejos, mas você conhece qual é o desejo d'Ele para você no dia de hoje? Porque a sua felicidade está em que se cumpra, na sua vida, a vontade de Deus Pai. Quando você caminha para a vontade do Senhor, não tem como o mal acampar na sua vida; ele pode até resvalar em você, mas não o tira mais de Deus.
É preciso saber escutar o Senhor no decorrer do dia. Escutar como Jesus O escutou; Cristo não tomava decisões, mesmo sendo Deus, sem antes consultar o Pai. Quando Ele teve de escolher os apóstolos, assim como em todas as situações, Ele rezou ao Pai.
O que é rezar? É conversar com Deus, não é só dizer as coisas a Ele, mas é também escutá-Lo no coração. Oração é diálogo. Diz a Palavra de Deus que Jesus, todos os dias, se retirava para orar, para ficar em intimidade com o Pai, para conhecer os projetos do Pai para Ele naquele dia.
Da mesma forma, para você descobrir o que Deus quer para você basta estar atento e se revestir de Jesus Cristo. E como é que eu posso me revestir de Jesus? Nas intenções d'Ele, nos pensamentos, nos sentimentos, agindo como Nosso Senhor agiria naquela situação.
Esse tipo de oração não fica sem resposta. É preciso revestir os pensamentos com os pensamentos de Cristo, banir da nossa cabeça os pensamentos indecentes, a maquinação para a vingança, as fofocas geradas dentro de nós. Pois esses pensamentos não nos unem a Deus e envenenam a nossa alma e as nossas atitudes.
Quando sabemos disso, vamos abrindo mão dos pensamentos de ódio, medo, vingança, de tristezas, de julgamentos que fazemos das pessoas e tirando de nós até as preocupações exageradas, para que, dessa forma, possamos ter os pensamentos de Jesus, desse Deus maravilhoso, que se fez Homem e que se preocupava com o hoje.
Jesus não precisou se preocupar com o futuro, você sabe por quê? Porque Ele o salvaguardou construindo bem o hoje, o presente. Se você viver bem a sua vida hoje, o amanhã será bom por consequência.
Márcio Mendes
Comunidade Canção Nova

terça-feira, 14 de setembro de 2010

O político e a formiga


Daniel Connel (1775- 1847) deixou uma legenda de bravura e tenacidade. É conhecido como o Libertador da Irlanda. Usando todos os meios possíveis, lutou pelos direitos dos cidadãos.. Dizia ele: “Nada pode ser politicamente certo se for moralmente injusto”. Perseguido e com poucos recursos, teve de fugir e esconder-se numa floresta. Pensava em abandonar a luta. Mas a atitude de uma formiga o fez mudar de posição.
A PEQUENA formiga tentava carregar uma folha dez vezes maior do que ela. Parecia uma loucura. Arrastava a folha, caía, recomeçava. Depois de muito esforço arrastou a folha até a entrada do formigueiro. Ali mais um duro golpe. Depois de tanta luta a folha não passava pela porta de sua casa. Tudo levava a desistir. Porém, ela entrou no formigueiro. Pouco depois saiu, acompanhada de uma dezena de outras formigas. Cortaram a folha em pedaços e a introduziram no formigueiro, sem maior dificuldade. Lá dentro muitas esperavam, tinham necessidade da folha.
DANIEL Connel aprendeu a lição da formiga. Voltou à luta, mudou de método, buscou voluntários e acabou melhorando as condições de vida dos cidadãos de seu país. Tornou-se um dos políticos mais conhecidos da Europa.
VIVER é lutar. A luta supõe sonhos, estratégia e perseverança. Aquele que desanima diante da primeira adversidade não chega a lugar nenhum. Como justificativa lamenta que tudo é difícil para todos. Muitos apostam no comodismo, desistem de lutar e morrem sem conhecer o sabor da vitória.
GIUSEPPE Verdi foi aconselhado a desistir da música, mas tornou-se o imortal maestro das óperas italianas. Abraham Lincoln, antes de tornar-se presidente dos Estados Unidos, fracassou dezenas de vezes. Churchill, o grande político inglês, repetiu três vezes o segundo ano primário.
TODOS eles tiveram confiança em suas capacidades. Tinham certeza que a última palavra não havia sido dita e continuaram lutando. E venceram. Demóstenes, depois de uma derrota, lembrava aos cidadãos: “Ainda não empregamos todas as forças”. Foi um vitorioso. Além de todas as motivações humanas, o cristão busca força na fé. São Paulo proclama: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fil 4, 13).
Dom Itamar Vian

sábado, 11 de setembro de 2010

A espera




Vivemos esperando, dias melhores...

Como dói esperar aquilo que se sabe que nunca vai chegar. Então por quê se espera?

A espera alimenta a alma e conforta os corações ao mesmo passo em que os deixa inquietos. É um paradoxo, certamente.

Te espero, você vem.

Te espero, você não vem.

O infinito se faz em meu peito.Parece um buraco negro, coisa sem fim.

Sinto dor.

Te quero bem.

Por que você não vem?


Por Águia Pequena

sexta-feira, 10 de setembro de 2010


Tudo o que eu preciso para viver carrego sem ocupar as mãos.

Tudo o que eu preciso para ser feliz não se transporta numa caixa, não se guarda numa bolsa, nem pesa nos ombros.

Carrego comigo o que é possível para me movimentar livre, nesse mundo tão cheio de coisas.

As coisas que eu carrego não têm peso, nem forma, nem volume.

São coisas que me alimentam sem que eu precise comer.

Que me locomovem sem que eu precise caminhar.

Que me alegram sem que eu precise comprar.

Carrego comigo a sabedoria herdada dos meus pais.

A dignidade conquistada com o meu trabalho.

As lições aprendidas na dor.

O amor dos meus afetos.

E a força da minha fé.

Com isso eu posso ir mais longe do que qualquer viajante carregado de bagagem.

Assim fica mais fácil viver e andar por aí.

Porque coisas ocupam espaços, atravancam caminhos, bloqueiam a visão.

As coisas que não cabem no coração, pesam nos braços.

Por isso eu sou carregado por Jesus.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010


” As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu porém, terás estrelas como ninguém… Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto… e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!”

O pequeno príncipe

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

sábado, 4 de setembro de 2010

Deus


Deus é alegria.

Uma criança é alegria.

Deus e uma criança tem isso em comum:

ambos sabem que o univrso é uma caixa de brinquedos.

Deus vê o mundo com olhos de uma criança.

Está sempre à procura de companheiros para brincar.

Rubem Alves. Carpe diem. São Paulo: Papirus, 2001.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

A águia e sua renovação


A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos. Mas, para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. Apontando contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil! Então, a águia só tem duas alternativas: Morrer… ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 50 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo. Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E só após cinco meses vai para o famoso vôo de renovação e para viver então mais 30 anos.

Em nossa vida, muitas vezes, temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e outras tradições que nos causaram dor. Somente livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz.

domingo, 22 de agosto de 2010

A Águia e a Galinha - Uma metáfora da condição humana


Era uma vez um camponês que foi a floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Coloco-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros. Depois de cinco anos, este homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Esse pássaro aí não é galinha. É uma águia.
- De fato – disse o camponês. É águia. Mas eu criei como galinha.
Ela não é mas uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.
- Não – retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar ás alturas. - Não, não – insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia. Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse: - já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não a terra, então abra suas asas e voe! A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas. O camponês comentou:
- Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
- Não – tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia.
E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurrou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, abra as suas asas e voe!
Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas.
O camponês sorriu e voltou à carga:
- Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
- Não – respondeu firmemente o naturalista. Ela é águia, possuirá sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma ultima vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto de uma montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas. O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra suas asas e voe! A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte.
Nesse momento, ela abriu suas potentes asas, grasnou com o típico kau-kau das águias e ergue-se, soberana, sobre se mesma. E começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez mais para o alto. Voou... voou... até confundir-se com o azul do firmamento...
E Aggrey terminou conclamando:
- Irmãos e irmãs, meus compatriotas! Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus! Mas houve pessoas que nos fizeram pensar como galinhas. E muitos de nós ainda acham que somos efetivamente galinhas. Mas nós somos águias. Por isso, companheiros e companheiras, abramos as asas e voemos . Voemos como as águias. Jamais nos contentemos com os grãos que nos jogarem aos pés para ciscar.

(Autor: Leonardo Boff)

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Solar


Venho do sol
A vida inteira no sol
Sou filha da terra do sol
Hoje escuro
O meu futuro é luz e calor
De um novo mundo eu sou
E o mundo novo será mais claro
Mas é no velho que eu procuro
O jeito mais sábio de usar
A força que o sol me dá
Canto o que eu quero viver
É o sol
Somos crianças ao sol
A aprender e viver e sonhar
E o sonho é belo
Pois tudo ainda faremos
Nada está no lugar?
Tudo está por pensar
Tudo está por criar
Saí de casa para ver outro mundo, conheci
Fiz mil amigos na cidade de lá
Amigo é o melhor lugar
Mas me lembrei do nosso inverno azul
Eu quero é viver o sol
É triste ter pouco sol
É triste não ter o azul todo o dia
A nos alegrar
Nossa energia solar
Irá nos iluminar
O caminho
Milton Nascimento e Fernando Brant

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Graças Pai


" O que me fascina em Jesus não é só a capacidade de ressucitar os mortos, de
curar os cegos ou os paralíticos, o que me fascina Nele é a sua capacidade
e a coragem de dizer que Deus é Pai, um Pai que tem preferência pelos piores
homens e mulheres deste mundo.
Um Pai que ama os que não merecem ser
amados, que abraça os que não merecem ser abraçados e que escolhe os que
não merecem ser escolhidos.
Um Pai que quebra as regras ao nos desconcertar
com seu amor tão surpreendente, um Pai que não quer se ocupar com os erros
que você cometeu até o dia de hoje.
Porque o amor que Ele tem por você, é um
amor cheio de futuro. Ele não está preso ao seu passado e a Ele não interessa
o que você fez ou deixou de fazer de sua vida. A Ele o que importa é o que
você ainda pode fazer."
Pe. Fábio de Melo

sábado, 14 de agosto de 2010

Tempestade


A vida tem dessas.

Tempestades vem e vão, elas são imprescindíveis para nos fazerem recordamos os momentos ruins.

Toda vez que uma tempestade vem, ela arranca coisas do nosso íntimo. Coisinhas miúdas começam a agredir nosso ser. Desenterramos o passado que mais nos magoa e as mágoas são com a ferrugem, vão tomando espaço. É um auto flagelo.

Tenho medo de que um dia a tempestade não passe e que a bonança não chegue. Tenho medo do raio cair e aumentar o buraco no peito.

Ao mesmo tempo, desejo que a chuva lave e leve os resquícios de dor. Posso sentí-la em meu rosto, suave com a mão de Deus a me acariciar enquanto diz:

"É preciso renascer, é preciso sonhar, há muito ainda o que fazer, é preciso deixar a chuva molhar, deixar chover, os raios cairem e a tempestade destruir pois ao mesmo passo que isso acontece algo em ti vai se reconstruindo, mudando e reanimando teu ser."

Eu quero ouvir Senhor, mas não consigo. Perdoe a minha surdez espiritual, perdoe a minha inconstancia, perdoe-me por ser uma pessoa limitada e não conseguir ver além. Dá-me visão de águia Senhor, águia que voa na bonança e na tempestade, sem medo de cair. Com coragem de voar em meio aos raios, sem medo de que eles queimem minhas asas e meus sonhos.

Por Águia Pequena

EQUILÍBRIO


Em tudo é necessário equilíbrio...

Equilíbrio entre:

Ser alegre e não extrovertido no sentido negativo...

Ser sincero e não machucar...

Ser firme nas idéias e não arrogante...

Ser humilde e não submisso...

Ser rápido e não impreciso...

Ser contente e não complacente...

Ser despreocupado e não descuidado...

Ser amoroso e não apegado...

Ser pacífico e não passivo...

Ser disciplinado e não rígido...

Ser flexível e não frouxo...

Ser comunicativo e não exagerado...

Ser obediente e não cego...

Ser doce e não melado...

Ser moldável e não tolo...

Ser introspectivo e não enclausurado...

Ser determinado e não teimoso...

Ser corajoso e não agressivo...

Em tudo é necessário equilíbrio...


quinta-feira, 12 de agosto de 2010


“Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem sentir-se melhor e mais feliz.”
Madre Teresa de Calcutá

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Por um instante...


Por um instante somos capazes de perder a capacidade de crer. Principalmente quando esperamos uma mudança, um "milagre".
Acreditar que a vida pode ser diferente a cada dia não é tão simples. E compreender que o melhor mesmo é que ela seja sempre igual, é ainda mais complicado.
Queremos mudanças, queremos mudar.
Nem sempre entendemos que toda mudança parte de nós mesmos. Esperamos sempre que algo caia sobre nossas cabeças. Ao mesmo tempo que isso acontece, tentamos nos isentar de nossas responsabilidades.
Eu resumiria o amor de Deus por nós em duas palavras: Liberdade e Responsabilidade. Elas andam juntas e estão o tempo inteiro implícitas nos ensinamentos do Santo Livro.
Tudo que geralmente queremos: liberdade.
Tudo com o que nem sempre nos comprometemos: responsabilidade.
As águias pequenas têm ânsia de voar. O medo e o desejo andam lado a lado. Elas precisam acreditar em si mesmas, acreditar que podem dar certo pois para isso foram criadas.
Nem sempre elas conseguem.
São livres e responsáveis por suas escolhas.
Ser águia pequena é ser simples. É tudo que no fundo, no fundo queremos.
Sendo águia pequena eu reconheço que posso melhorar. Que não devo perder a capacidade de crer em Deus e de crer em mim.
Ser águia pequena me permite perceber que milagres existem. Que eles estão nas coisas impossíveis , mas também se encontram nas coisas simples de cada dia, como o nascer do sol a cada manhã.
O nascer do sol nos indica: é hora de tentar mais um vôo.
Pois todo dia é dia de viver!

Por Águia Pequena

sábado, 7 de agosto de 2010

Carta de Deus


Tu és um ser humano, és o Meu milagre.
E és forte, capaz, inteligente, e cheio de dons e talentos.
Conta teus dons e talentos. Entusiasma-te com eles.

Reconhece-te.
Aceita-te.
Anima-te.

E pensa que desde este momento podes mudar tua vida para o bem, se assim te propões e se te enches de entusiasmo.
Tu és minha criação maior. És meu milagre.

Não temas começar uma nova vida.
Não te lamentes nunca.
Não te queixes.
Não te atormentes.
Não te deprimas.

Como podes temer se és meu milagre?
Estás dotado de poderes desconhecidos para outras criaturas do Universo.
És ÚNICO.
Ninguém é igual a ti.
Só em ti está aceitar o caminho da felicidade e enfrentá-lo seguindo sempre adiante.
Até o fim.

Simplesmente porque és livre.
Em ti está o poder de não amarrar-te às coisas.
As coisas não fazem a felicidade.

Te fiz perfeito para que aproveitasses tua capacidade, e não para que te destruísses com teus enganos do mundo.
Te dei o poder de PENSAR.
Te dei o poder de AMAR.
Te dei o poder de IMAGINAR.
Te dei o poder de CRIAR.
Te dei o poder de PLANEJAR.
Te dei o poder de REZAR.

E te situei o poder dos anjos quando te dei o poder da escolha.
Te dei o domínio de escolher o teu próprio destino usando tua vontade.
O que tens feito destas tremendas forças que te dei ?
Não importa ! De hoje em diante esqueça o teu passado, usando sabiamente este poder de escolha.

Opta por SORRIR em lugar de chorar.
Opta por CRIAR em lugar de destruir.
Opta por DOAR em lugar de roubar.
Opta por ATUAR em lugar de adiar.
Opta por CRESCER em lugar de consumir-te.
Opta por BENDIZER em lugar de blasfemar.
Opta por VIVER em lugar de morrer.

E aprende a sentir a Minha presença em cada ato de sua vida.
Cresça a cada dia um pouco mais no otimismo e na esperança!
Deixa para trás os medos e os sentimentos de derrota.
Eu estou ao teu lado. Sempre.

Chama-me.
Busca-me.
Lembra-te de mim.

Vivo em ti desde sempre e sempre te estou esperando para amar-te.
Se hás de vir até Mim algum dia.. que seja hoje, neste momento!
Cada instante que vivas sem Mim, é um instante infinito que perdes de Paz.

Procura tornar-te criança… simples, generoso doador, com capacidade de extasiar-te e capacidade para comover-te ante à maravilha de sentir-te humano.

Porque podes conhecer Meu amor, podes sentir uma lágrima, podes compreender uma dor.
Não te esqueças de que és Meu milagre.
Que te quero feliz, com misericórdia, com piedade, para que este mundo em que transitas possa acostumar-se a sorrir, sempre que tu aprendas a sorrir.
E se és Meu milagre, então usa os teus dons e muda o teu meio ambiente, contagiando esperança e otimismo sem temor porque…

EU ESTOU AO TEU LADO!

Assinado: DEUS

quinta-feira, 5 de agosto de 2010


“Uma prova de que Deus esteja conosco não é o fato de que não venhamos a cair, mas que nos levantemos depois de cada queda.”
Santa Teresa de Ávila

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A vida lhe coloca onde você escolheu estar

Nasceste no lar que precisavas.

Vestiste o corpo físico que merecias.

Moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento.

Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas.

Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização.

Teus parentes e amigos são as almas que atraístes, com tua própria afinidade.

Portanto, teu destino está constantemente sobre teu controle.

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas, tudo aquilo que te rodeia a existência.

Teus pensamentos e vontade são a chave de teus atos, atitudes são as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivencial.

Não reclames, nem te faças de vítima.

Antes de tudo, analisa e observa.

A mudança está em tuas mãos.

Reprograme tua meta,

Busque o bem e viverás melhor.


Autor Desconhecido


sexta-feira, 30 de julho de 2010



Quando você se aprofunda em sua prática espiritual e dá ênfase à sabedoria e à compaixão, aprende a reconhecer o sofrimento de outros seres sensíveis que cruzam o seu caminho e a reagir a esse sofrimento de maneira construtiva, sentindo compaixão profunda em vez de apatia ou impotência.
Dalai-Lama